Como se destacar nos buscadores do Google
Marketing

Como se destacar nos buscadores do Google

Se você quer construir seu público na internet, precisa ter clareza sobre o que precisa fazer para conseguir uma boa posição nos buscadores do Google.

Todos os resultados da pesquisa são catalogados e colocados de acordo com as chamadas métricas de SEO. 

Os algoritmos do Google analisam essas métricas para identificar os links mais relevantes. 

No entanto, focar apenas na sua estratégia de SEO não garante o sucesso do site da sua marca.

Veja dicas e informações sobre como ranquear bem nos resultados de pesquisa no texto abaixo.

Dicas de posicionamento adequado no Google e destacar nos buscadores

O site de uma marca, como despachante Florianopolis, é a principal forma de clientes e prospects saberem mais sobre a empresa.

Como tal, deve proporcionar uma boa experiência aos visitantes. Isso inclui desde a qualidade das campanhas publicitárias até os tipos de materiais disponibilizados online e a facilidade de navegação.

A seguir, conheça as práticas mais importantes para se destacar nos motores de busca online.

  1. Avalie as métricas e práticas de SEO

SEO

As métricas de SEO são a base para a criação de conteúdo relevante na web. A sigla significa otimização para mecanismo de pesquisa em inglês.

Conhecer as regras é importante para conduzir de forma adequada e bem sucedida as estratégias de ranqueamento.

O Google é usado por milhares de pessoas em todo o mundo para diferentes tipos de pesquisa. Por isso estar nessa plataforma é fundamental para ser visto por mais potenciais clientes. No entanto, a ordem dos resultados exibidos não é arbitrária ou aleatória.

O site possui um algoritmo que avalia, indexa sistematicamente e organiza todo o conteúdo publicado na Internet conforme o segmento de atuação e temas abordados.

Por isso, existem práticas que devem ser seguidas para que o link de galpões de lona apareça entre os primeiros resultados, por exemplo.

Entre as práticas indicadas está um conteúdo 100% original, uso de palavras-chave, boa navegabilidade de página e boa meta descrição.

  1. Realize bons backlinks 

São referências ao seu site em outros endereços. Em geral, é possível contatá-los por meio de parcerias e guest posts. 

Um aspecto que o Google foca ao definir a relevância da página é o número de backlinks presentes, ou seja, se agrega valor ao direcionar os usuários para outras páginas, bem como se é um canal de autoridade em sua área, sendo mencionado por outros sites.

A reputação do site de citação também é levada em consideração. Portanto, sempre se associe a um site confiável e que se relacione, de alguma forma, com sua área de atuação.

Quando se trata de backlinks, quantidade não é o mesmo que qualidade.

Outra dica importante é construir relacionamentos com marcas que se identifiquem com o público-alvo da sua empresa, de modo que as audiências se integrem – trazendo novas oportunidades de negócio.

Por fim, os links mencionados devem ter coerência com a sua área de atuação. Por isso, não adianta a empresa de decapagem quimica ser citada em um site de nutricionismo.

  1. Veja o que a concorrência está fazendo

Preste atenção aos seus concorrentes: eles podem fornecer informações importantes para melhorar sua classificação nas pesquisas.

Insira no Google a palavra-chave que você escolheu. Então, analise o que seus concorrentes estão fazendo, incluindo as chamadas que estão usando. 

Muitos deles podem usar o Google AdWords para melhorar os rankings de busca.

A partir de uma análise mais profunda, você pode observar alguns termos que não foram explorados por seus concorrentes.

Assim, é possível identificar nichos de consumo que ainda não estão sendo devidamente explorados, como venda de camara fria para cerveja.

  1. Invista na proteção de dados do usuário

A segurança é outro aspecto importante do ranking do Google. Para confirmar isso, o mecanismo de pesquisa verifica se o site está protegido por um certificado SSL.

Esse certificado criptografa as informações inseridas pelo visitante para proteger melhor a navegação e o uso de dados.

Até o próprio Chrome, navegador oficial do Google, avisa os usuários que sites são inseguros sem esse certificado instalado. Logo, isso pode ter um impacto negativo nas conversões.

Isso significa que, ao vender por meio de um site, a falta de segurança afeta diretamente a decisão de compra de um cliente que se sente inseguro para fechar uma transação e até o posicionamento na página de resultados.

  1. Desenvolva conteúdos qualificados

Como você já sabe, o bom conteúdo é a característica que o Google mais aprecia. 

Isso porque sites com posts de alta qualidade sobre porta de enrolar automatica mantêm os visitantes por mais tempo navegando, e os mecanismos de pesquisa têm interesse nisso.

Portanto, quando um internauta visita um site e depois sai, o desempenho é prejudicado, sendo apontado na taxa de abandono.

Ao criar um texto qualificado e otimizado para SEO que realmente interessa ao seu público-alvo, o material tende a estar melhor posicionado nos resultados.

Nesse caso, a razão do aumento das vendas é o relacionamento com o cliente, que passa a considerar sua marca como uma autoridade.

Ele também a vê como uma empresa que não está interessada em vender a qualquer preço, mas que genuinamente se preocupa com a satisfação dele.

Portanto, quando um cliente faz uma pergunta sobre um produto ou serviço, está buscando conselhos de sua marca por causa da confiança estabelecida.

Ele também passa a fazer propaganda da marca espontaneamente para amigos e conhecidos.

  1. Insira links internos 

Seu site deve ser entrelaçado. O conteúdo deve conter links tanto de outros sites quanto do seu próprio site.

Como você pode ver, é assim que o Google entende que a página é relevante e consistente o suficiente para se destacar entre tantos resultados. 

O uso de links internos melhora a experiência dos visitantes, pois eles podem acessar materiais semelhantes a um só clique.

Com isso, passam mais tempo navegando pelo portal de fabricantes de máquinas e equipamentos industriais, ou qualquer que seja o canal usado e a área de atuação. 

Afinal, materiais relevantes e que se complementam são disponibilizados, trazendo uma experiência ainda mais qualificada e, aliado a isso, melhorando o tempo de permanência.

  1. Use o alt para imagens 

O alt é normalmente usado em HTML para descrever imagens quando elas não são carregadas em seu site. 

Esse recurso é muito importante para obter mais acessos e melhores posições no Google. Use-o em todas as imagens presentes na sua página.

Em vez de carregar imagens com títulos aleatórios, renomeie os arquivos usando palavras que descrevam corretamente o que se vê na foto.

Além de melhorar as consultas de pesquisa do seu site, suas fotos podem ter uma classificação mais alta na pesquisa de imagens do Google. 

A acessibilidade é outro fator melhorado com essa prática.

  1. Desenvolva uma boa navegabilidade

Sites com grande acessibilidade e facilidade de uso superam as expectativas de seus visitantes, pois são encontrados nas consultas de pesquisa e contêm todas as informações prometidas. 

Isso requer a cooperação de desenvolvedores de sites e especialistas em SEO.

Não ajuda se seu site tiver uma classificação alta no Google e estiver posicionado corretamente na pesquisa se seus visitantes não estiverem satisfeitos com o conteúdo. 

Assim como uma página com bom conteúdo sobre valor de transferência de veículo não é interessante sem uma boa classificação, afinal, poucos usuários terão acesso a isso. 

Desse modo, é importante aplicar ambas as ações e, para alcançar visibilidade e posicionamento, o conteúdo de valor real é crucial. 

Mais ainda, um site efetivo e que mantenha a atenção dos usuários, simplificando o acesso e sendo intuitivo, é fundamental para aliar conteúdo e ranqueamento.

Uma das dicas para classificar um site no Google é que os usuários não precisem dar muitos cliques para acessar o conteúdo ou a página solicitada.

Isso desestimula a busca e dificulta a classificação, levando em consideração a indexação da página. Por isso, o indicado é que os usuários cliquem até 3 vezes para atingir sua meta.

Um mapa do site é um facilitador desse processo, permitindo fazer (e reduzir) a contagem dos cliques, indexar todo o conteúdo com velocidade e evitar uma queda no ranking.

Por que é importante se destacar no Google?

Não é novidade que o Google é a plataforma de busca mais famosa do mundo. Porém, ainda pode parecer nebulosa a importância de ser relevante nele.

Para tirar todas as dúvidas a respeito disso, separamos as vantagens de ter um bom posicionamento nessa plataforma, veja.

Melhora sua reputação

Para estar presente na primeira página do Google, você precisa melhorar significativamente a quantidade e a qualidade do seu conteúdo.

Consequentemente, estar nessa posição significa que seu site é o mais recomendado para aquela pesquisa. Com isso, e devido a facilidade de acesso, o tráfego aumenta substancialmente, ampliando as oportunidades de venda.

O aumento do tráfego nas classificações mais altas vale a pena o investimento e a espera. Afinal, quem surgir entre as primeiras posições é visto como referência.

Para se manter nessa posição, é preciso manter o valor da página e escrever regularmente auxilia no processo.

Para manter a constância de conteúdos sobre o seu setor – e sobre áreas relacionadas -, você precisa se manter atualizado sobre as últimas notícias e novidades dos setores que serão abordadas. 

Exemplos disso são os despachante online que podem mencionar demais processos relacionados aos veículos, documentações e cuidados.

O mesmo se aplica a uma revendedora de cosméticos, que além de abordar maquiagens pode expandir seus assuntos ao relacionar a vestimentas, cuidados com os materiais, beleza e cuidado com o corpo.

Aprimora a experiência do visitante

A partir do momento que o usuário clica no resultado, você precisa ter certeza de que esse é o melhor link para resolver o problema dele.

Empresas que investem em otimização para mecanismos de busca proporcionam uma melhor experiência para os interessados ​​devido à alta qualidade de seu conteúdo. 

Sem falar no design responsivo para dispositivos móveis, como celulares e tablets, também é um fator importante na otimização do SEO que envolve:

  • Layout funcional;
  • Adaptabilidade a tamanhos diferentes de telas;
  • Conteúdo organizado;
  • Informações facilmente localizáveis.

Quando um resultado surge entre as primeiras posições no Google, é sinal de que ele se adequa a todos esses pré-requisitos.

Aumente o público das mídias sociais

Quanto mais pessoas acessarem seu site, maior será a probabilidade de te seguirem nas redes sociais.

É importante manter seus perfis atualizados. As redes sociais são plataformas muito úteis para impulsionar a produção de conteúdo.

Logo, quando os leitores começam a seguir seu perfil, eles precisam se certificar de que a página seja atualizada com frequência.

Dessa forma, o público em geral pode ficar sabendo de novas postagens sem necessariamente ter que pesquisar novamente no Google. 

Essa é uma maneira personalizada de criar um marketing de conteúdo de alto impacto.