Categories:

Como deve ser a alimentação de uma gestante?

A gestação é um momento lindo e mágico na vida das mulheres, mas com a alegria surge também a ansiedade e a preocupação dos cuidados com o corpo e com a alimentação, para que o bebê possa nascer forte e saudável.

Fique tranquila, se você é mamãe de primeira viagem, esses sentimentos são normais, e todas as mulheres já passaram por isso.

Pensando nisso, fizemos este artigo para te ajudar e te deixar mais calma!

Durante a gestação, a saúde e alimentação da mãe podem influenciar e muito na saúde do bebê.

A gestação é uma fase que traz muitas mudanças físicas e hormonais para as mulheres, que são facilmente notadas durante esse período. 

Por isso, é indicado algumas alterações na rotina da futura mamãe, principalmente na alimentação. 

Durante toda a gestação deve-se manter uma alimentação saudável.

Para uma gestante, não necessariamente o ato de comer, mas sim alguns fatores muito importantes, como: calorias, capacidade nutricional e necessidades específicas. 

Isso acontece porque a alimentação durante a gravidez tem um papel extremamente importante, pois está diretamente ligada à saúde do bebê.

O que comer?

Para que a mulher tenha bastante saúde na gestação, sua alimentação precisa ser rica em cereais integrais, legumes, frutas, leite e derivados, leguminosas, peixe e carne magra, como peru e frango. 

O recomendado é que os alimentos sejam grelhados ou ao vapor, evite frituras, alimentos processados, alimentos congelados e comidas prontas.

Além disso, é importante incluir na alimentação alimentos ricos em vitaminas e minerais e que são essenciais para a saúde da mãe e do bebê, como:

  • Vitamina A: cenoura, abóbora, leite, iogurte, ovos, manga, brócolis e pimentão amarelo;
  • Vitamina B12: produtos lácteos, ovos e alimentos fortificados;
  • Ômega 3: óleo de linhaça, sementes de linhaça, abacate, azeite de oliva extra virgem, nozes, chia e frutos secos;
  • Cálcio: produtos lácteos, vegetais escuros, gergelim e frutos secos, como as nozes;
  • Zinco: feijão e frutos secos como a castanha do Pará, amendoim, castanha de caju e nozes;
  • Ferro: feijão, ervilha, grão de bico, ovo, cereais, pão integral e vegetais e folhas verde;
  • Ácido fólico: espinafre, brócolis, couve, aspargo, couve de bruxelas, feijão e tomate.

Muitas mulheres quando descobrem que estão grávidas e não querem o bebe, decidem comprar misoprostol original, pois esse é um dos remédios que fazem com que as grávidas não engravidem. Mas cada mulher tem sua opinião quanto a este tema. 

Algumas mulheres na gravidez para não sentirem dores na barriga, resolvem comprar cytotec, mas isso não é para mulheres em gestação, pois existem diversos efeitos ruins. 

Como controlar os desejos de uma gestante por comer doce?

Os desejos geralmente vem no começo da gestação,quando a mudança hormonal é maior.

Estudos comprovam que os hormônios são os principais influenciadores nos desejos das grávidas! 

A progesterona e a prolactina, são dois hormônios relacionados à gravidez, e são os principais responsáveis por essa alteração nas mulheres grávidas.

Esses hormônios levam às mudanças no apetite da gestante, que passa a preferir por alguns alimentos que antes não consumia.

Os desejos são passageiros, e não representam nenhum risco para a saúde do bebê ou da gestante. 

Entretanto, é preciso ter cuidado quando eles ocorrem com muita frequência, e principalmente se pertencem somente a um grupo alimentar, como os doces.

Evite ficar muito tempo sem se alimentar, pois, isso pode causar problemas ao feto, pela falta de nutrientes que não foram absorvidos devido ao longo período sem se alimentar.

Essa prática pode causar quedas repentinas no nível de açúcar no sangue, provocando tonturas e até mesmo desmaios. 

Pular refeições é um dos fatores que podem aumentar os desejos, por isso, tente comer a cada três horas.

Caso os desejos persistam, tente substituir os alimentos que você deseja por outros com gosto parecido, mas com valor nutricional maior, caso você sinta vontade de comer um doce, opte por chocolate amargo, que vai saciar o seu desejo e não aumentará o nível de açúcar.

E para concluir, não se preocupe com o ganho de peso, ele vai acontecer de qualquer forma! O importante é manter uma alimentação  equilibrada, rica em nutrientes que são essenciais para a formação do feto, como o ferro e vitaminas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *