Saúde

Anemia Crônica: O que é, quais são as causas e como tratar

A anemia crônica é um tipo de anemia que acontece como consequência  de doenças crônicas.

E com isso, a anemia interrompe o processo de formação das células sanguíneas, como neoplasias, infecções fúngicas, virais ou bacterianas e doenças autoimunes, principalmente artrite.

Devido às doenças lentas e progressivas, podem ocorrer alterações no processo de formação das hemácias no metabolismo, levando à anemia, que é mais comum em pacientes com mais de 65 anos.

É sempre um grande prazer receber mais leitores em nosso site, e é por esses motivos que escrevemos sempre bons artigos para o nosso site, tanto sobre gravidez, misoprostol, emagrecimento, sibutramina, etc…

Para você que sempre pesquisa nas buscas do google por: Misoprostol onde comprar, a empresa Cyto Saúde importa produtos fora do Brasil para ajudar os Brasileiros em decisões únicas.

Como identificar a anemia crônica?

O diagnóstico de anemia crônica é baseado no resultado de um exame de sangue e na dosagem de ferro, ferritina e transferrina no sangue, pois os sintomas dos pacientes geralmente estão relacionados à doença de base e não à anemia em si.

Portanto, para o diagnóstico de anemia crônica, o médico analisa o resultado do exame do sangue, onde no resultado, ele pode avaliar a diminuição da quantidade de hemoglobina, o tamanho diferente dos glóbulos vermelhos e as alterações morfológicas da concentração de ferro no sangue do paciente.

Na maioria dos casos, o nível de saturação com transferrina é muito baixo.

Aproveitando para dar uma pausa neste artigo para falar sobre emagrecimento com sibutramina de verdade

Como a sibutramina e venvanse foi considerado um dos melhores produtos para emagrecer de 2022, caso você queira comprar sibutramina, consulte seu médico e peça para o mesmo lhe receitar o produto.

Principais fatores que causam anemia crônica

As principais causas de anemia em doenças crônicas são doenças de progressão lenta que causam inflamação progressiva, por exemplo:

  • Problemas cardíacos;
  • Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica ;
  • Uma pessoa contaminada com HIV;
  • Artrite reumatóide e lúpus eritematoso sistémico;
  • Doença de Crohn;
  • Sarcoidose;
  • Linfoma;
  • Mieloma múltiplo;
  • Câncer;
  • Doença renal.

Nestes casos, isso acontece porque os glóbulos vermelhos começam a circular no sangue por um período mais curto de tempo devido à doença. Essas alterações ocorrem no metabolismo do ferro e na formação da hemoglobina, ou a medula óssea não está sendo eficaz na produção de novos glóbulos vermelhos, levando a pessoa a anemia.

Veja também outros artigos em nosso site, e aproveite para visitar o site sobre cytotec com misoprostol.

Como tratar?

Geralmente, não é estabelecido um tratamento específico para a anemia crônica, mas sim para a doença que provocou essa alteração.

Entretanto, para anemias muito graves, seu médico pode recomendar a administração de eritropoietina, o hormônio responsável por estimular a produção de glóbulos vermelhos, ou suplementos de ferro, dependendo dos resultados do exame de sangue e a medição de ferro e transferrina no organismo.

Sintomas

Sabemos que as hemácias são as responsáveis pelo transporte de oxigênio do nosso corpo, e por isso, quando nosso corpo tem falta delas, leva a alguns.

O principal sintoma da anemia é o cansaço. 

A anemia pode estar em um grau tão avançado, como no caso de anemia aguda ou crônica, que realizar tarefas simples, como pentear o cabelo tornam-se exaustivas.

Por isso, quanto mais rápido seja feito o diagnóstico, mais rápido o paciente pode voltar a rotina de vida normal.

E quanto mais o tempo passa, mais a anemia se instala, e mais cansaço e fraqueza o paciente irá sentir.

Anemias que se instalam devagar, faz com que o paciente se acostume, e isso pode ser perigoso, pois ele poderá perceber somente quando os sintomas estiverem bem avançados.

Outro sinal de anemia é a palidez cutânea, na maioria das vezes pode ser identificada até por leigos. 

Em pacientes de pele negra, a palidez cutânea pode ser um pouco mais  difícil de ser percebida.

Uma maneira mais fácil de identificar a anemia é olhar a conjuntiva, a membrana dentro do olho.

Em pessoas que estão saudáveis, o comum é ela estar na cor vermelha, porém em pessoas anêmicas, ela pode ficar clarinha, da cor da pele.

Além do cansaço e da palidez cutânea, em algumas pessoas outros sintomas da anemia podem incluir palpitações, falta de ar, dor no peito, sonolência, tonturas e hipotensão. 

Em pessoas da terceira idade, pode haver perda da atenção e dificuldades no raciocínio.

CNPJ: 15.063.424/0001-72
Endereço: 11ª av n 1409 qd 41 a Setor leste universitário Goiânia
Grupo marketing de negócios