dieta
Saúde

6 cuidados para se ter com a dieta

Quando a questão é a saúde, a forma mais adequada de mantê-la, não é apenas o acompanhamento médico de rotina, mas também a elaboração de forma consciente de uma dieta equilibrada.

Tirar ou colocar alimentos sem o acompanhamento de um nutricionista, é muito perigoso em um lar para idosos particular, por exemplo. 

Nesse caso, a presença médica é fundamental, para que as refeições sejam mais adequadas e saudáveis.

Conceito de dieta

A dieta nada mais é do que o consumo de alimentos sólidos e líquidos ingeridos ao longo do dia, obedecendo a quantidade exata de calorias que o corpo necessita, para que o seu funcionamento esteja em perfeita ordem na realização das atividades.

Mesmo que as pessoas recebam ou comprem uma cesta básica grande, nem tudo pode ser utilizado em uma dieta, como o excesso no consumo do arroz, pois se trata de um carboidrato que, em exagero, prejudica a função intestinal, por exemplo.

Algumas dietas são indicadas pelos médicos para um determinado problema físico que está afetando uma pessoa, como o aumento do colesterol ou triglicérides, mas sempre elas acabam servindo para emagrecer ao longo do tempo.

As dietas focadas no emagrecimento só são eficazes quando propiciam a perda de peso por meio do baixo consumo de calorias diárias, aumentando a perda de gordura excessiva no organismo e habituar-se com kit comida fit é bastante indicado. 

O emagrecimento ao longo de uma dieta é potencializado quando a prática de exercícios físicos é constante, pois eles mantêm o corpo sempre em movimento, e os quilos perdidos, não causam o efeito sanfona, ou seja, vai e volta. 

O objetivo da dieta é fazer com que os quilos perdidos não retornem e, por isso, as práticas devem ser adotadas todos os dias da semana, sem falhas ou “desculpas” para que não sejam feitas.

Quantidade no consumo de calorias

A quantidade de calorias é baseada em alguns fatores, quando a programação de uma dieta é realizada, tais como: 

  • Sexo;
  • Idade;
  • Peso;
  • Altura;
  • Condições de saúde no momento do início da dieta;
  • Condições físicas para a prática de exercícios.

Normalmente, o consumo diário de calorias é de no mínimo 800 calorias, mas para que isso seja definido corretamente, o nutricionista que acompanha deve fazer uma análise completa do estado de saúde da pessoa, para que a dieta não seja prejudicial.

Um bom profissional de educação física também pode acompanhar o processo da dieta para emagrecimento, definindo se a aula de pilates aparelhos pode ser adequada ou não como atividade de exercícios.

Quando a pessoa é submetida a uma dieta, muitas vezes ela tem a sensação de estar “passando fome”, porém, não é verdade. Leva um certo tempo para que se acostume com a mudança de alimentação e de atitudes, apenas isso.

Cada um tem o seu tempo, pois não é fácil qualquer tipo de mudança, muito menos para quem gosta de ser um “bom garfo”, não apenas na quantidade de alimentos ingeridos, mas na qualidade protéica que eles oferecem.

Nada precisa ser tão rigoroso e imediato, mas passo a passo, para a adequação. É indicado, portanto, comprar, quando é possível, marmita low carb congelar, mantendo-a na geladeira para que fique sempre fresca no momento do consumo, por exemplo.

As dietas indicadas para que se alcance um “corpo perfeito”, divulgado tão assiduamente nas mídias sociais e nas revistas, e de forma rápida, definitivamente não fazem bem ao organismo, em geral.

Elas podem provocar tonturas, enfraquecimento e até problemas nas unhas e quedas de cabelo. A realidade acaba mostrando algo bem diferente com relação às dietas rápidas e “miraculosas”.

Sempre aparece um conhecido, familiar ou vizinho que acabou não se adaptando bem a essa velocidade em querer emagrecer, por isso, a avaliação médica preliminar é indicada, para eliminar riscos.

Algumas pessoas acreditam que comprar máquina de comida automática auxilia no processo. Elas podem ajudar, sem sombra de dúvida, mas a questão da aceitação da dieta vem muito de encontro à vontade interna de querer ou não iniciar as condutas.

Tipos de dietas mais recentes

Existe uma grande diferença entre “querer e precisar” de uma dieta e “entrar na moda” para ser aceito entre amigos e nas redes sociais, que por vezes ditam “moda” de qual é melhor. A lista mostra as mais recentes e conhecidas, tais como:

  • Dieta de South Beach;
  • Dieta do Dr. Atkins;
  • Dieta do tipo sanguíneo;
  • Dieta da Zona.

A Dieta de South Beach trabalha com a ingestão de gorduras e carboidratos bons e não regula a quantidade, sendo dividida em três fases. A última dela precisa ser adotada por toda a vida, sem fazer com que o final de semana seja diferente.

A Dieta do Dr. Atkins divide-se em quatro etapas: indução, perda de peso contínua, uma manutenção elaborada antecipadamente e em seguida a constante manutenção. A manutenção é importantíssima, para que os quilos perdidos não retornem.

O terceiro tipo de dieta, do tipo sanguíneo, indica exatamente quais os alimentos que devem ser consumidos de acordo com o grupo sanguíneo no qual a pessoa está inserida.

Por fim, a Dieta da Zona, indica o consumo de 40% de carboidratos, 30% de proteínas e 30% de gorduras diariamente. As combinações entre os alimentos são conhecidas por meio de uma lista e as porções são medidas usando-se uma balança.

Ser magro, bronzeado e sarado, como é visto incessantemente nas notícias, não significa que o corpo está saudável e de acordo com o tipo de cada pessoa. A corrida desenfreada por dietas de emagrecimento radicais só causam malefícios. 

Alimentos saudáveis para uma dieta

A grande maioria das dietas para emagrecimento e que colaboram também com a saúde, baseia-se na indicação de alimentos e frutas saudáveis, que devem ser ingeridos na quantidade exata, seguindo a prescrição médica, por exemplo: 

  • Pêra, rica em água e fibras solúveis, garantindo saciedade;
  • Canela;
  • Berinjela, que ajuda no controle da taxa de colesterol;
  • Arroz integral, em quantidades moderadas;
  • Farelo de aveia;
  • Morango;
  • Chá verde.

Lembrando que durante o processo nunca deixe os exercícios físicos rotineiros, em uma bicicleta dobrável aro 24, por exemplo. Com o tempo o hábito passa a ser algo agradável, sem a exigência de muito esforço.

Cuidados com a dieta para manter a saúde

Todo processo de emagrecimento exige condutas diárias, sempre com bastante dedicação e foco no objetivo, o de perder peso sem que ele retorne.

Isso exige uma manutenção contínua, mesmo para quem está acostumado a pedir buffet finger food a domicílio

A lista mostra dicas desses cuidados, tais como:

  1. Consumir alimentos que queimam gordura;
  2. Ingerir chás que desincham o corpo;
  3. Montar um prato equilibrado e com alimentos variados;
  4. Evitar dietas muito restritivas;
  5. Praticar exercícios para a queima da gordura;
  6. Manter a dieta todos os dias da semana.

As dietas restritivas são bastante perigosas pois retiram alimentos da rotina alimentar, que podem ocasionar malefícios à saúde, por exemplo, os carboidratos. Elas não oferecem uma alimentação equilibrada e a carência nutricional sempre aparece.

A perda de peso é muito rápida, com certeza, mas pode causar uma grande eliminação de água afetando os rins e sobrecarregando o fígado. Parando a dieta restritiva, o peso retorna inevitavelmente.

A dieta saudável precisa ser constituída de todos os nutrientes necessários para o corpo, em proporções adequadas, que satisfaçam o organismo, sem provocar uma compulsão alimentar, na ausência de algum deles.

Hábitos saudáveis de uma dieta

Os hábitos diários no processo de emagrecimento, não apenas ajudam o paciente a se acostumar com a dieta, mas aumentam a qualidade de vida e a predisposição para as atividades rotineiras, por exemplo:

  • Realizar pequenas refeições em intervalos definidos;
  • Optar por alimentos saudáveis: frutas, legumes verduras e carnes magras;
  • Diminuir o consumo de açúcar refinado;
  • Eliminar refrigerantes e sucos adoçados artificialmente.

Dentre os benefícios de uma dieta saudável, se pode citar a perda de peso, redução do risco de câncer, mais saúde para o coração, prevenção de Acidente Vascular Cerebral, ossos, unhas e dentes fortes, melhoria no humor e na memória, e controle de diabetes. 

Considerações finais  

Portanto, a dieta além de melhorar a qualidade de vida, melhora também a imunidade do corpo, aumentando a disposição, trazendo tranquilidade para o sono.

Com uma alimentação saudável, baseada em legumes, verduras e frutas, ela regula o intestino e ajuda no bom funcionamento dos rins, ao consumir maior quantidade de água diariamente.

Ela precisa ser acompanhada por um bom nutricionista também é importante procurar Clínicas de Psicologia, responsáveis pela prescrição adequada do que pode ou não consumir, detalhando os melhores hábitos a serem adotados.

Não se trata apenas de perder ou ganhar peso, como o modismo dita: mas ser saudável e prevenir doenças graves e crônicas, como a hipertensão, a gastrite ou o diabetes, por exemplo.

A prática de exercícios é fundamental e a mudança nos hábitos alimentares facilita todo o processo de emagrecimento.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

CNPJ: 15.063.424/0001-72
Endereço: 11ª av n 1409 qd 41 a Setor leste universitário Goiânia
Grupo marketing de negócios