Categories:

Suplementos alimentares: O que são, Como funciona e Ricos

Os suplementos alimentares são produtos indicados para completar uma dieta, desse modo, eles repõem deficiências de minerais e vitaminas no corpo, e pode ser usado para pre treino. Os suplementos alimentares não são necessariamente passados por médicos e podem ser encontrados em farmácias mercados, no entanto, é importante entender bem a função e necessidade desses produtos e não sair tomando aleatoriamente.

Além disso, os suplementos alimentares são substâncias químicas e concentradas fabricadas em formatos diversos e para finalidades diferentes, assim como podem ser consumidos em forma de pastilhas, cápsulas, pó, líquidos e granulados. A finalidade do suplemento pode ser para beneficiar órgãos como fígado, coração, rins, pode ser para emagrecer, ganhar massa. 

O que é suplemento alimentar?

O suplemento alimentar são produtos com propriedades e características semelhantes às alimentares. Essas substâncias são químicas e concentradas, assim como produzidas para diferentes finalidades e com formatos variáveis.

O suplemento alimentar é um produto indicado para complementar uma dieta, pois repõem deficiências de vitaminas e minerais no corpo, nesse sentido, pode ser ingerido em formato de cápsulas, pó, pastilhas, líquidos e granulados. 

Além disso, pode beneficiar o coração, rins, fígado, se ingerido de forma correta e na quantidade adequada, se não ocorre o efeito contrário e o usuário passar a ter perdas e danos na saúde.

Como mencionado os suplementos tem a finalidade de repor deficiências corporais de vitaminas e minerais, por isso, pode ser usado para gestantes que precisam repor ácido fólico para que seus bebês não tenham má formação do sistema nervoso central, mulheres que amamentam, mulheres na fase da pré-menopausa, idosos com perdas normais com o passar da idade, crianças com crescimento e desenvolvimento acerelado, indivíduos com restrição alimentar, por não ingerir determinados alimentos, indivíduos desnutridos, atletas de alto rendimento e fisiculturistas, entre outros.

Os suplementos podem ser suplementos minerais e poli vitamínicos; termogênicos; hipercalóricos; antioxidantes; proteicos e probióticos. Cada um tem uma finalidade específica, sendo voltado para um público.

Como funciona os suplementos alimentares?

Os suplementos alimentares foram criados com a finalidade de suprir as necessidades do organismo, que a alimentação por si só não consegue e isso pode ocorrer por diferentes motivos como a não ingestão de determinados alimentos, contudo, essas substâncias não substituem uma alimentação, e funcionam como um complemento, atendendo pessoas que estão com baixa significativa de vitamina ou nutriente.

Os suplementos prontos, são geralmente encontrados em farmácias e estabelecimentos comerciais que trabalham com esses produtos, e essas substâncias que podem ser encontradas em formatos diversos conta com proteínas e vitaminas que podem beneficiar coração, fígado, rins, músculos. Normalmente, os suplementos alimentares são consumidos por pessoas que praticam atividades físicas frequentemente e que tomam esses produtos no pre treino.

O funcionamento do suplemento ocorre no organismo, de acordo com a finalidade do mesmo, por exemplo, suplementos termogênicos acelera o metabolismo, por isso é voltado para indivíduos que desejam emagrecer, os suplementos minerais e poli vitamínicos fornecem vitaminas e minerais para o corpo, por isso é indicado para quem está com baixa no organismo.

Por último, é importante conhecer as reais necessidades do seu corpo, assim como as dosagens corretas do consumo de suplemento, para não ocorrer o efeito contrário e ao invés de auxiliar seu corpo a repor vitaminas e nutrientes necessários, prejudicar órgãos como rins, fígado, coração.

Tipos de suplementos 

Existem diferentes tipos de suplementos. São eles:

  • Suplementos minerais e poli vitamínicos: são suplementos indicados para complementar os minerais e vitaminas como magnésio, ferro e cálcio;
  • Suplementos termogênicos: são suplementos indicados para quem deseja emagrecer, visto que a função principal dessa substância é acelerar o metabolismo. Nesse sentido, sua composição é composta normalmente por cafeína, guarana, citrus e outros componentes;
  • Suplementos hipercalóricos: são suplementos ricos em calorias, pois sua composição é cheia em proteínas, gorduras, carboidratos, vitaminas e minerais. Contudo, é importante estar atento ao consumo excessivos de calorias e gorduras, uma vez que podem resultar em sobrepeso;
  • Suplementos antioxidantes: ao praticar exercícios o organismo produz radicais livres. Os antioxidantes auxiliam a combater o efeito dos radicais livres nas células;
  • Suplementos hormonais: são suplementos destinados a estimular a produção de algum hormônio especifico como estrogênio, tiroxina e mais;
  • Suplementos proteicos: são suplementos indicados principalmente para quem pratica musculação, pois são compostos de proteínas que auxiliam o músculo a se recuperar depois de um treino;
  • Suplementos probióticos: são suplementos indicados para auxiliar em problemas diversos vinculados ao intestino, seu funcionamento ocorre através de micro-organismos que são suplementados.

A que público se destina os suplementos alimentares?

Como mencionado acima, os suplementos alimentares são diversificados, então, a partir das condições apresentadas pelo seu organismo, um profissional consegue informar o tipo de suplemento adequado para suprir sua necessidade corporal. Normalmente, os suplementos são utilizados para as seguintes pessoas:

  • Indivíduos com desnutrição: a suplementação ocorre, pois, esses indivíduos têm uma grande falta de vitaminas e nutrientes;
  • Indivíduos com restrição alimentar: os suplementos nesse casos são utilizados, visto que algumas pessoas não podem ingerir ou não querem ingerir alimentos específicos, devido ser adepto a vegetarianismo/veganismo ou por questões religiosas. Contudo, essas pessoas podem precisar dos nutrientes e vitaminas desses alimentos, por isso a suplementação;
  • Mulheres que amamentam;
  • Gestantes: precisam tomar ácido fólico, para reduzir o risco do bebê ter malformação do sistema nervoso central. Isso vale para mulheres com uma gravidez saudável e gravidez de risco;
  • Mulheres que estão na fase pré-menopausa;
  • Idosos: os idosos passam por perdas naturais como a perda do tecido muscular, Sarcopenia, por isso precisam de suplementação proteica e suplementos que visam evitar perda de massa óssea. Essas perdas são naturais e ocorrem devido o avanço da idade;
  • Pessoas com doenças crônicas: a suplementação de antioxidantes e de ômega 3 auxilia pessoas com doenças crônicas, auxiliando a diminuir o estresse causado devido os radicais livres;
  • Crianças: as crianças podem precisar de suplementação, devido seu desenvolvimento e crescimento rápido, nesse sentido, as crianças integram o grupo de vulnerabilidade para deficiências de nutrientes. Desse modo, dependendo de condições de saúde, da dieta, de suas atividades e ritmo de crescimento, a suplementação pode ser necessária;
  • Atletas de rendimento alto: indivíduos que praticam esportes com mais exigência do corpo, como ciclismo, corrida e natação tem uma necessidade de calorias maior. Nesse sentido, é indicado que consumam hipercalóricos e energéticos em caso de faltar na dieta regular;
  • Fisiculturistas: os fisiculturistas precisam alimentar o desenvolvimento dos músculos com proteínas, então, de forma frequente consomem suplementos, tanto no pre treino, quanto no pós treino.

Riscos da suplementação

A utilização de suplementos pode trazer riscos para saúde, com destaque para os rins e fígado, os aspectos mais prejudicados, uma vez que grande parte dos suplementos apresentam um número de proteínas que sobrecarregam esses órgãos.

O uso excessivo de suplementos também pode levar ao ganho de gordura corporal e ganho de peso. Isso ocorre devido à combinação de uma alimentação errada, que eleva o número de calorias que não conseguem se tornar massa muscular, principalmente se ocorrer sobrecarga de nutrientes, como exemplo podemos citar as proteínas.

Além disso, é necessário entender quais as reais necessidades do organismo ao consumir suplementos, que tem a finalidade de repor deficiências do organismo.

Por último, é possível consultar um médico para recorrer a suplementos, assim você terá garantia que está consumindo algo que seu corpo precisa, da forma correta e na quantidade adequada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *