Blog

Dicas para comprar o melhor patinete elétrico

Confira quais as principais dicas para comprar o melhor patinete elétrico: Rápido, fácil de transportar, além de prático e manobrável: essas são as muitas promessas mantidas pelo veículo sustentável de mobilidade pessoal. Para ajudá-lo a escolhê-lo e mantê-lo adequadamente, compartilhamos esse texto com conselhos e boas práticas que lhe permitirão fazer a melhor escolha.

Dicas para comprar o melhor patinete elétrico

Comprar patinete elétrico é um desejo não somente de crianças e jovens, mas de adultos, pois além de ser um veículo usado para passeios divertidos, também ajuda a se locomover pela cidade de forma econômica e sem prejudicar o meio ambiente. 

Uso e necessidades

patinete elétrico

A primeira coisa a fazer antes de embarcar em uma compra e navegar pelos modelos disponíveis é definir o uso que você terá de seu patinete elétrico. Prefere ter um uso urbano e diário para viagens curtas, ou apenas para se divertir aos finais de semana? Definir seu uso já está determinando suas necessidades e desenhando os contornos do patinete que melhor se adéquam as suas necessidades. Uma vez acoplado ao seu orçamento, você já terá uma boa ideia dos melhores modelos!

Autonomia e rapidez

Abaixo de 25 km, seu patinete elétrico pode ter um alcance muito limitado e uma motorização muito fraca. Este tipo de informação pode, no entanto, sugerir que seu patinete poderá ser utilizado a uma velocidade de 25 km/h numa distância de 25 km. Deve-se ter em mente que estes são dados válidos nas condições de uso ideal específicas para os testes realizados pelo fabricante, notamos fortes variações de autonomia de acordo com:

  • O peso do usuário
  • Uso em subidas (por exemplo, subir uma ladeira com apenas a assistência elétrica, um motor na velocidade máxima, pode consumir o dobro do que no plano).
  • Aceleração.
  • A temperatura exterior.
  • O atrito da estrada e o tipo de solo.
  • A ausência de ciclos de carga/descarga por vários meses seguidos.

Esses são parâmetros que influenciarão fortemente a vida útil da bateria. Assim como nos carros elétricos, a autonomia anunciada está ligada ao protocolo de teste do fabricante e ao uso que você faz dele.

O tipo de motor

Para escolher o motor que melhor se adapta aos seus hábitos, você precisa ser capaz, levando em consideração o ambiente em que pretende pilotar, projetar o estilo de pilotagem que você terá no patinete. 

De qualquer forma, dois tipos de motores devem ser observados: o fixo na roda (geralmente dianteiro, mas nem sempre), ou o localizado sob a placa. Os últimos são mais confiáveis, mas também costumam ser mais pesados ​​e volumosos.

No que diz respeito à potência, os motores básicos são geralmente motores de corrente contínua que, ao contrário dos motores de corrente alternada, oferecem apenas uma corrente binária e, portanto, uma aceleração linear. Motores alternativos, acoplados a uma correia e, portanto, uma transmissão, permitem um aumento de potência e diferentes velocidades e coroas, como as bicicletas, para melhor negociar subidas e picos de aceleração e, assim, minimizar o consumo de combustível.

O peso e o tamanho do patinete elétrico

Obviamente, ter sua máquina pessoal não necessariamente o isentará de ter que carregá-la e armazená-la às vezes. Portanto, tome cuidado para levar um tamanho e peso que não o incomodem, e cuide para pensar detalhadamente nos seus trajetos diários: você vai andar com seu patinete debaixo do braço no transporte público, têm degraus no trajeto, tem algum local para estacionar ou guardar quando chegar ao trabalho, etc. 

A título indicativo, o peso de um patinete elétrico varia geralmente entre 8 e 16 quilos, uma grande diferença e um peso que pode ser substancial, especialmente para os menos robustos.

O tipo de bateria

Existem dois tipos de bateria em patinetes elétricos: baterias de chumbo-ácido e baterias de lítio. Na grande maioria, encontraremos os de lítio, porque oferecem uma potente saída de energia, são mais leves e podem proporcionar, dependendo do modelo e do estilo de condução, até 40, 50 ou até 60 km de autonomia. 

As baterias de lítio também têm a vantagem de recarregar mais rápido, geralmente entre 4 e 5 horas para uma carga completa. Se você pretende utilizá-lo com muita frequência, pode ser interessante levar o carregador para deixá-lo carregando no escritório, por exemplo.

Em seguida, tudo se resume a observar a voltagem e a capacidade das baterias que você está observando. Com a capacidade, você poderá avaliar sua capacidade de manter uma longa autonomia ou não.

A escolha dos pneus do patinete elétrico

Você pode escolher entre pneus com câmara de ar e, portanto, infláveis, que têm a vantagem de serem mais confortáveis, mas ainda estão sujeitos a furos. Os pneus maciços são mais resistentes, mas menos confortáveis, pois absorvem menos as vibrações e são mais difíceis de trocar.

CNPJ: 15.063.424/0001-72
Endereço: 11ª av n 1409 qd 41 a Setor leste universitário Goiânia
Grupo marketing de negócios